Empoderamento feminino e libertação sexual, conheça “Dirty Computer” de Janelle Monáe

Atualizado: 19 de Jan de 2019

Artista americana lança o terceiro álbum de estúdio, explorando temas como empoderamento feminino, libertação sexual e o cenário social e político dos EUA.

Através da andróide Cindi Mayweather, personagem fictício, Janelle Monáe apresenta seu trabalho desde 2007. Com “Dirty Computer” seguimos a linha futurista explorada pela artista, principalmente pelo filme “Emotion Picture” que acompanha a obra, mas musicalmente não temos a presença marcante da andróide. Sinal que confirma o álbum como um trabalho autobiográfico. Finalmente, o público conhece Janelle Monáe. O trabalho conta com parcerias de peso: Prince, Brian Wilson, Stevie Wonder, Pharrell Williams, Zöe Kravitz e a canadense Grimes. Abordando a força da mulher negra, libertação sexual e com faixas ~calientes~, apesar dos ganchos políticos, este é “Dirty Computer”.


Obras musicais

Com o EP Metropolis: Suite (The Chase) (2007) surge o primeiro trabalho de estúdio de Janelle Monáe, seguido por The ArchAndroid (2010) e The Electric Lady (2013). Entre as inspirações musicais de Monáe está Prince, artista presente em seus trabalhos, e mesmo com a inesperada morte deixou sua marca em “Dirty Computer”.


Libertação sexual

Monáe já posicionou-se como bissexual, mas em entrevistas recentes mostra interesse e identificação pelo conceito de pansexualidade. Como uma obra pessoal, mas abordando questões como sexualidade, a artista dedicou seu álbum para garotos e garotas jovens não-binários, gays, héteros e queers que estão com dificuldades em lidar com sua sexualidade.

“This album is for you. Be proud"

Compositora, cantora e atriz, bb!

Vocês podem acompanhar o trabalho de Monáe nos filmes “Estrelas além do tempo” (2016)

“Moonlight” (2016) e em um dos lançamentos de 2018, “The Women of Marwen”.


Referências: MiojoIndie, Omelete e Rolling Stone.

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - White Circle

© 2019 | itisabop@gmail.com | Música em Alta